Esta cidade sul-americana acaba de ser nomeada Capital Mundial da Arquitetura

Os viajantes acabam de ter mais um motivo para visitar o Rio de Janeiro: a cidade brasileira foi eleita a Capital Mundial da Arquitetura de 2020 pela UNESCO.

Esta é a primeira vez que o órgão do patrimônio faz tal distinção. Como Capital Mundial, o Rio “se tornará um fórum internacional para debates sobre os desafios globais urgentes do ponto de vista da cultura, patrimônio cultural, planejamento urbano e arquitetura”, de acordo com o site da UNESCO. Também sediará o Congresso Mundial de Arquitetos, evento que acontece a cada três anos.

Rio

Museu do Amanhã de Santiago Calatrava. Foto: Getty Images

A arquitetura do Rio é uma mistura fascinante entre o histórico - lugares como a Sé Velha, Parque Lage - e o que há de mais moderno. O Museu do Amanhã de Santiago Calatrava, por exemplo, é um exemplo brilhante de neofuturismo. Com seu telhado branco em formato de coluna que se projeta para o ar e design ecológico (é alimentado por painéis solares), estilo e sustentabilidade são simbióticos. Depois, há a Cidade das Artes projetada por Christian de Portzamparc, um edifício de concreto curvo que exala um brutalismo elegante.

Rio

Cidade das Artes de Christian de Portzamparc no Rio de Janeiro. Foto: Getty Images

Mas talvez nenhum edifício represente melhor o design inovador do Rio do que o Museu de Arte Contemporânea de Niterói. Seu formato de disco distinto e passagem em vermelho brilhante fazem com que ele se pareça mais com um OVNI do que com um espaço cultural. Combinado com sua localização na encosta, é uma das maravilhas culturais imperdíveis do Rio, e talvez até do mundo. (Até Nicolas Ghesquière é um fã: o espaço foi palco do show do resort Louis Vuitton 2017.)



Parte do apelo do museu também é sentimental. Niterói foi projetada pelo próprio carioca Oscar Niemeyer. O arquiteto brasileiro, considerado um dos pais do modernismo do século 20, nasceu, viveu e morreu na cidade. Em 1988, ele ganhou o ilustre Prêmio Pritzker. Hoje, seu legado vive em seus edifícios ao redor do mundo, como a ONU em Nova York e a moderna capital do Brasil, Brasília.

Então, Capital Mundial da Arquitetura? Uma honra merecida por uma cidade bem projetada.